TRANSPORTE
NO RIO

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Caso Marielle: Jungmann rebate críticas de delegados do Rio - Editoriais - Band News FM

Política

Texto:
+
-

Caso Marielle: Jungmann rebate críticas de delegados do Rio

Por Vinícius Fernandes, às 03/11/2018 - 08:57

Associações afirmam que o ministro da Segurança tentou "capitalizar dividendos políticos em cima da investigação dos homicídios"

00:00 / 00:00

Jungmann anunciou abertura de investigação paralela sobre os assassinatos (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Após críticas de entidades dos delegados do Rio contra a abertura de investigação paralela sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes pela Polícia Federal, o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann rebateu as declarações das instituições.

Em nota divulgada na noite desta sexta-feira (2), pela assessoria do Ministério, Jungmann afirmou que "em nenhum momento identificou os agentes públicos que poderiam estar envolvidos com uma possível rede de proteção a criminosos".

Ainda de acordo com a nota, o ministro "limitou-se a informar os termos da determinação expressa recebida da Procuradoria-Geral da República para que a Polícia Federal, a ele subordinada, investigasse essa possibilidade a partir de denúncias graves obtidas pelo Ministério Público Federal".

Para o Sindicato dos Delegados de Polícia Civil (Sindelpol-RJ) e a Associação dos Delegados de Polícia (Adepol-RJ), Jungmann tentou "capitalizar dividendos políticos em cima da investigação dos homicídios", criticando as declarações dadas pelo ministro durante coletiva em Brasília, na última quinta-feira (1º).

Jungmann anunciou nesta coletiva de imprensa que a Polícia Federal vai investigar a existência de um grupo criminoso articulado para atrapalhar e impedir a elucidação do caso. A nota conjunta das entidades também afirma que o ministro está "dando maior credibilidade à palavra do referido criminoso em detrimento de agentes do Poder Público de notória história de combate à criminalidade".

A irmã de Marielle, Anielle Franco, usou as redes sociais na noite desta sexta-feira (2), Dia de Finados, para publicar mensagem emocionada sobre morte da vereadora. 

NEWSLETTER
OU