TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Curso de Medicina pode responder por conteúdo racista e misógino - Editoriais - Band News FM

Justiça

Texto:
+
-

Curso de Medicina pode responder por conteúdo racista e misógino

MP ajuizou ação contra o curso e requer pagamento de danos morais coletivos

Por Luiza Ferraz, às 11/10/2018 - 16:19

O Ministério Público do Rio de Janeiro ajuizou uma ação civil pública contra uma editora, um médico e um curso de medicina pela produção de apostilas com conteúdo racista e misógino. De acordo com o Ministério Público, o material também associa mulheres negras à prostituição. Segundo o órgão, as apostilas foram produzidas pelo Medgrupo, principal cursinho de preparação para concursos de residência médica do país.

No inquérito de 2017 que deu origem à ação, a equipe do Medgrupo afirmou ser contrária ao que chamou de "agenda do politicamente correto" e que não mudaria, segundo eles, nem uma vírgula do material.

Na ação, o MP pede que os réus deixem de criar, publicar, comercializar e utilizar material didático nas atividades de ensino da medicina que tenham conteúdo discriminatório e ofensivo de gênero e raça. O órgão ainda requereu que, ao final da ação, eles sejam condenados ao pagamento de danos morais coletivos e façam uma retratação pública em algum veículo de grande circulação.

Procurado, o grupo ainda não se posicionou sobre o assunto.

NEWSLETTER
OU