TRANSPORTES

Metrô Bom
Navio Bom
Trem Bom
Avião Bom
Estudante de Odontologia morta ao ser eletrocutada no Terreirão do Samba é enterrada - Editoriais - Band News FM

Cidade

Texto:
+
-

Estudante de Odontologia morta ao ser eletrocutada no Terreirão do Samba é enterrada

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o local não possuía licença da corporação para funcionar

Por Andrezza Buzzani, às 15/04/2019 - 17:01

00:00 / 00:00

O corpo da vítima foi sepultado nesta segunda-feira (15), no Cemitério de Irajá (Foto: Reprodução/Facebook)

Frequentadores do evento de funk que vitimou uma jovem de 20 anos no Terreirão do Samba, no Centro do Rio, relatam que já estavam sendo alertados sobre o risco de choque elétrico, durante a festa.

Maria Fernanda Ferreira de Lima morreu depois de receber uma descarga elétrica ao encostar em uma grade de ferro energizada. O corpo da vítima foi sepultado nesta segunda-feira (15), no Cemitério de Irajá, na Zona Norte.

O caso aconteceu na madrugada de domingo (14). A estudante de Odontologia chegou a ser socorrida para o hospital, mas não resistiu as paradas cardiorrespiratórias.

A designer, Nathália Borges, que também estava no evento, relata que foi alertada por seguranças a não encostar em uma das grades do lado esquerdo do palco porque estava dando choque.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o local não possuía licença da corporação para funcionar. Segundo a delegada responsável pelo caso, Aparecida Mallet, a perícia foi realizada no local e as investigações estão em andamento para apurar as circunstâncias do ocorrido.

A Secretaria Municipal de Cultura, responsável pelo espaço, lamentou a morte da jovem e afirmou que colabora com as investigações. Além disso, declarou que está abrindo sindicância para apurar as responsabilidades acerca do cumprimento dos pré-requisitos para realização do evento.

Em nota, a organizadora da festa esclareceu que foi informada sobre o ocorrido às 4 horas da manhã de domingo (14), e que chegaram a prestar os primeiros socorros no posto médico. A empresa afirmou que está trabalhando junto a autoridades competentes para esclarecer os fatos e que está à disposição para qualquer suporte necessário.

Ouça a reportagem completa clicando no player de áudio.

NEWSLETTER
OU