21 ºC 32 ºC Rio de Janeiro
(21) 2542-2132 ouvinterj@band.com.br (21) 99623-6060
Haddad faz campanha na Zona Sul do Rio - Editoriais - Band News FM
Plantão

Eleições 2018

Texto:
+
-

Haddad faz campanha na Zona Sul do Rio

O presidenciável fez corpo a corpo na favela da Rocinha

O candidato disse não comentar pesquisas porque os números são muito voláteis (Foto: Wilson Dias/Agência Brasil)

Retornar as obras do Programa de Aceleração do Crescimento nas comunidades pelo Brasil vai gerar empregos a população local. A afirmação foi dada pelo candidato à presidência pelo PT, Fernando Haddad, durante corpo a corpo na favela da Rocinha, na Zona Sul do Rio, nesta sexta-feira (14).

Para garantir a retomada do programa, o petista disse rever a PEC do teto de gastos, aprovada em 2016, que evita elevação do gasto público federal acima da inflação por pelo menos 20 anos.

Haddad também afirmou que a Polícia Federal vai atuar no combate às organizações criminosas, trabalhando de forma conjunta com as polícias estaduais.

Além disso, o candidato disse que a retomada do crescimento econômico depende da realização de uma reforma tributária, com menor incidência de impostos sobre as famílias mais pobres, e uma revisão bancária.

Perguntado sobre uma possível participação de Luiz Inácio Lula da Silva no governo dele, Haddad afirmou que "cada linha" do plano de governo registrado no Tribunal Superior Eleitoral foi validada por Lula. O ex-presidente está preso em Curitiba desde abril.

Em pesquisa divulgada pelo Instituto Vox Populi, na quinta-feira (13), Fernando Haddad aparece liderando a corrida eleitoral com 22% das intenções de voto, ultrapassando o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, com 18%. Questionado, o ex-prefeito de São Paulo disse não comentar pesquisas porque os números são muito voláteis.

Por Michael Verissimo, às 14/09/2018 - 16:04

NEWSLETTER
OU